A ZEN | Notícias

HOME A ZEN Notícias

Pelo segundo ano consecutivo uma das 150 melhores empresas para trabalhar no Brasil

institucional
Pelo segundo ano consecutivo uma das 150 melhores empresas para trabalhar no Brasil

Pela segunda vez consecutiva, a ZEN aparece com destaque no ranking das 150 Melhores Empresas para se Trabalhar no Brasil, elaborado pela revista Você S/A, em parceria com a Fundação Instituto de Administração. No ranking 2017, a companhia se classificou em quarto lugar, na categoria Indústria Automotiva, deixando para trás grandes corporações, o que reforça ainda mais o êxito em suas ações na área de gestão de pessoas.

 

Na avaliação do presidente da ZEN, Gilberto Heinzelmann, essa importante conquista reforça ainda mais a preocupação da empresa em valorizar os seus colaboradores. “Eles formam nosso maior e mais valioso capital. Trabalhamos em equipe e graças a isso garantimos a competitividade da empresa num mercado cada vez mais agressivo. A receita de sucesso da ZEN é essa: pessoas engajadas e dedicadas para encarar e superar os desafios do dia a dia”, afirma.

 

Na pesquisa deste ano, que contou com a participação de 518 colaboradores (aumento de 38% em relação a 216, quando 316 pessoas responderam à pesquisa), a questão que apresentou o melhor resultado foi “Eu recomendaria aos meus parentes e amigos esta empresa como um excelente lugar para se trabalhar”. Do total pesquisado, 95,3% profissionais disseram sim. Na sequência estão “Tenho todo o equipamento e material necessários para realizar bem meu trabalho”, com resposta afirmativa de 90,3% dos entrevistados e “Recebo todas as informações que preciso para fazer bem o meu trabalho”, com 89,9% de aprovação.

 

De acordo com a gerente de Recursos Humanos, Schirlei Knihs Freitas, as ações que mais contribuíram para melhorar o clima organizacional e, consequentemente, elevar o engajamento do grupo são a organização do fluxo de trabalho que gerou maior estabilidade dos processos produtivos e as ações de endomarketing. “Hoje nossa fábrica trabalha de acordo com o fluxo de valor, isto é, existem várias mini-fábricas separadas de acordo com o nosso portfólio de produtos e o cliente a que se destina. Antes adotávamos o modelo padrão, com áreas específicas para cada um dos processos. Dentro desse novo modelo de gestão, o colaborador passa a ter uma visão sistêmica e sabe da importância do seu trabalho. Com isso, passa a se sentir mais valorizado e isso impacta diretamente no clima organizacional e na construção de um ambiente de trabalho mais saudável e de respeito mútuo”, afirma Schirlei.

 

Entre as ações de endomarketing, a gerente de RH destaca as paradas de produção no início do ano para apresentar os resultados alcançados pela empresa no exercício anterior e o planejamento para 2017. “Com isso, o profissional sabe claramente onde a ZEN está e onde quer chegar”, explica. Há ainda o “Café dos aniversariantes”, evento que acontece mensalmente com a participação do presidente e da diretoria da empresa. “Nesses encontros, os homenageados podem trocar ideias e dar sugestões”, diz.

 

Outros destaques

 

Os números reforçam ainda mais a conquista da ZEN nesta que é considerada a mais importante pesquisa de clima organizacional do País. No item “Gestão da sustentabilidade e diversidade”, que leva em consideração a contribuição para a melhoria da comunidade e do meio ambiente, a nota recebida foi de 94,8, superior à média da pesquisa (94) e à obtida entre as empresas na categoria indústria automotiva (93,6).

 

Em “Gestão estratégica e objetivos”, a nota recebida foi de 92,6, maior que a média do levantamento (92,4) e da categoria (91,6). Já em “Gestão de saúde, segurança e qualidade de vida”, a pontuação foi 88,7 – mesma média da categoria, mas maior que a nota do ranking, que foi de 88,5. Já no item relacionado à “Gestão de carreira”, a fabricante catarinense ficou com pontuação 83,9, ante 83,2 da concorrência e 81,3 da categoria.

 

Entre os 518 colaboradores que responderam à pesquisa 18 se apresentaram como PCD (pessoas com deficiência). O grupo afirmou estar 100% satisfeito em 16 questões. Entre elas, estão “Considero que trabalhar nesta empresa vem tornando minha vida melhor”, “O trabalho que realizo me permite aprender coisas novas”, “O trabalho que realizo nesta empresa apresenta desafios que estimulam o meu desenvolvimento” e “A sensação mais frequente que sinto ao deixar o trabalho é de realização profissional”. 

Fonte: Printer Press
Voltar